sábado, 21 de agosto de 2010

sábado, 10 de julho de 2010

união

Mesmo sabendo que o dia em breve ia nascer, amei-te como se o mundo fosse acabar. Senti, vezes sem conta, o vibrar do teu corpo divinal, como que possuído por enormes ondas num mar revolto. Só tu, só eu, só nós, os nossos corpos entrelaçados, unidos, colados, como se fôssemos um só. E os beijos a saber a mar? O teu sussuro no meu ouvido, um abraço do tamanho do nosso amor. Acariciei todo o teu corpo. Como é belo! Sentiste-me em ti, ficaste em mim... Os teus belos olhos, a intensidade que colocas no teu olhar...não, não fales, o silêncio fala por ti, o teu sorriso diz-me tudo o que preciso saber, diz-me palavras nunca ditas... O teu olhar, o teu corpo e, tanto mar em nós...tanto amar...

domingo, 27 de junho de 2010

MOMENTOS

O som do teu olhar
O brilho das tuas palavras

O som do teu respirar

Pensar em ti

E... mais nada



Os momentos partilhados

As lágrimas

As alegrias

Os momentos que vivemos

Todos os dias



O partilhar contigo

É viver!

Sonhar!

Sempre que estás comigo

Não quero acordar



Os momentos

Sentimentos

Intensamente vividos

Desgostos repartidos

Alegrias multiplicadas

Problemas divididos

É tão bom

Sentirmo-nos

Amadas...

MAR

O Mar acalma

As minhas revoltas

As ondas borbulham

Como notas soltas


Oceano de Amor

Imenso...

Profundo...

Estrelas do mar

Iluminando o Mundo


A Lua sorri

Ao Mar companheiro

Cheia...

Grandiosa...

Sem Ela

Ele não é nada

Não existiam marés

E Ela

Vaidosa

Sente que tem

O Mar

A seus pés.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Cada pessoa é um mundo

Cada pessoa é um mundo, bom ou mau, depende de cada um. Todos nós temos histórias, pensamentos, paixões únicas. Todos nós somos especiais. Não existem pessoas diferentes, existem pessoas mais ou menos interessantes, mais ou menos sensíveis, mas quero acreditar que cada pessoa é única, especial, talentosa.

Gosto de ouvir ou ler histórias das pessoas reais, sem medos, existem pessoas com talentos lindas. Pessoas que têm arte para escrever, fotografar, pintar...

Acredito nas pessoas, não gosto de julgar ao primeiro olhar. Devemos sempre tentar conhecer, perceber cada pessoa. Quanta tolerância existe em cada um de nós? Talvez devessemos parar e pensar um pouco.

domingo, 3 de janeiro de 2010

SOLIDÃO



Solidão
é caminhar sózinha
numa longa estrada
deserta e sem destino
é encontrar
portas fechadas pelo caminho
Solidão
é estar sentada
e não estar em nenhum lado
avistar ao longe uma estrada
que parece não ter fim
é sentir um vazio enorme
dentro de mim
falar
e só ouvirmos a nossa voz
é a tristeza que nos invade
sufoca e tortura
pensarmos
que ninguém pensa em nós
É horrivel
sentirmo-nos sós...

sábado, 2 de janeiro de 2010

Deixa falar

Quem quer saber como sou
Não me vê só por fora
Deixa falar quem falou
Falou só porque ignora
Quem falou não sabe amar
Quem olhou com desdém
Não sabe o que é perdoar
Nem sabe oque é amar alguém
Quem atira a primeira pedra
Não olhou para dentro de si
porque se a pedra que atirou
essa pedra que jogou
fez ricochete e não passou
nem um pouco perto de mim
Deixa falar
ignora o que dizem
somos mais humanos
que esses pobres ignorantes
que para se sentirem gente
se tornam arrogantes
escondem frustações
deixando empedrar
os seus próprios corações
A inveja corrompe-os
ao verem a nossa felicidade
nunca foram bons amantes
nunca serão amados