sábado, 30 de junho de 2012


Acordei em ti...meu amor...
Voz: Cris Anvago
Foto: Cris Anvago
Amizade é um amor lindo...
quem é teu amigo preocupa-se...
liga-te se está longe...pensa em ti...
Amizade..existe ou não existe..
não se deve banalizar a palavra...
um amigo abraça-te...conforta-te...
E..existe sempre tempo para um amigo...
em amizade não existe a frase "não tenho tempo"...
quem diz isto..certamente não é amigo..
(Cris Anvago)
Deixa-me escrever um poema no teu corpo...
com a minha lingua...
deixa-me ler-te com os meus dedos esguios..
deixa-me percorrer-te com palavras de amor e desejo...
arrepiar a tua pele com as minhas exclamações de prazer...
e sentir-te..gemer de prazer...
(Cris Anvago)
Dispo as minhas roupas...e visto-me com o teu corpo...meu amor..(Cris Anvago)
Quero saciar o meu desejo..
com um beijo teu..
Afagar a minha paixão no toque da tua pele...
Inundar o meu corpo com o teu..
Provar o teu sal...
lamber o teu mel...
Quero deliciar-me em ti..
meu amor...
(Cris Anvago)

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Desliza o teu corpo atrevido no meu...
toca-me e deixa-me sem fôlego...
deixa-me murmurar-te palavras sem sentido...
envolve-te em mim...
deixa que o meu corpo brinque com o teu...
dançar..em ti...
desejar-te..beber-te...
deixa....
libertar-me de mim..para estar em ti..
deixa...
...
que seja eu..inteira...
sim ?....
(Cris Anvago)
Desejo-te ao entardecer...ainda quero estar em ti..quando amanhece..(Cris Anvago)
E o teu corpo quente...
arde ao tocar o meu...
treme..gemes..
és oceano..
pôr do sol..
que nasce radioso..
belo...quente...
o teu murmurar afaga-me a alma...
passeio em ti...
sinto-te...
cheiro o teu perfume na minha pele...
percorro-te...
entro em ti...
e toco as estrelas...
(Cris Anvago)
Sempre que te procuro...
Encontro-te...
Em mim...
(Cris Anvago)
És oceano...imenso..verde...
Eu..mergulho em ti..navego...
como um peixe colorido...brilhante...
navego em ti..danço...sorrio-te...
quero sentir todo o teu corpo...
tocar cada milímetro..conhecer cada onda...
de ti...
acariciar..beijar...em silêncio...
sentir o teu sentir...
ser o prazer do teu prazer...
...
ouvir a tua respiração..descompassada...
e num passo de magia..ouvir-te gemer...
sorrir-te...sorris para mim...
oceano iluminado...imenso...
transparente...onde mergulho...
perco o fôlego..recupero..em ti...
desejo-te..não quero sair de ti...
navegar-te...sentir-te..amar-te...
até sentir em ti..onda gigante...
que me inunda..de amor..
sentido..não na tua superfície..
não na minha...
mas no fundo de ti...de mim...
bem fundo...
eu..em ti...
tu..em mim..
inundação de amor...
em nós...
(Cris Anvago)

sábado, 23 de junho de 2012

Transformo os meus sonhos...
em realidades belas e sensíveis...
viajo para além de mim...em mim...
chego até ti...e aninho-me nos teus braços...
danço nos teus sonhos...até acordares...
sentes-me...em todo o teu corpo...
e muito mais além..de ti...
viajas...voas...sentes a liberdade...
solto-me na tua imaginação...
beijo-te na tua realidade....
...
sonho real...realidade sonhada...
tu em mim...eu em ti...
e o oceano que nos inunda..
com as suas ondas calmas...
som que plana em nós...
entre o mar...e o céu azul...voamos...
corpo e pensamento..corações soltos...
libertos..leves...
somos o que pensamos...
tornamo-nos no que sentimos...
o amor invade-nos..
os nossos corpos vestem-se de amor...
somos o canto do pássaro que acorda a floresta adormecida...
sou feita de amar...sentir..paixão...
porque assim me sinto...
e transmito-te paz...calor...emoção..
porque assim és...
maravilha em mim...
beleza que transborda de ti...
(Cris Anvago)
Sinto que estou em ti...
Vestida de sol...quente...
luz que te ilumina..
calor que te acompanha...
sorriso que te faz sorrir...
Sinto-te...corpo e coração...
paixão que vive em mim...
durmo em ti...
acordas em mim...
(Cris Anvago)

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Mesmo sem te ver...sinto-te..
sem estar perto..sinto o teu cheiro..
os teus beijos..estão nos meus lábios..
as minhas mãos sempre te afagam..
os teus olhos sempre brilham..
o meu calor está no teu corpo..
os nossos corações estão abraçados..
longe...ou perto...
estás sempre em mim...
meu amor...
(Cris Anvago)

ROUPA NOVA-LINDA.wmv

Linda
Só você me fascina
Te desejo
Muito além do prazer
Vista
Meu futuro em teu corpo
E me ama
Como eu amo você
Vem
Fazer diferente
O que mais ninguém faz
Faz parte de mim
Me inventa outra vez
Vem
Conquistar meu mundo
Dividir o que é seu
Mil beijos de amor
Em muitos lençóis
Só eu e você
Linda
conte a mim seus segredos
Em teus sonhos
Diga quem é você
Livre
Nunca mais tenha medo
Pois quem ama
Tudo pode vencer

quarta-feira, 20 de junho de 2012

A música ecoava na sala...
a valsa..
dos nossos sentires...
os olhos brilhantes..
que me iluminaram...
os meus dedos tocam o teu rosto..
belo..sorriso em ti...
gargalhada em ti...
E a valsa..das nossas emoções...
...
o nosso amor é eterno...
a luz não se apaga..está em nós...
e os instantes vividos..
são repetidos..em beijos molhados...
corpos que ondulam..leves..
ao som da nossa paixão...
voamos pela sala..
aperto-te nos meus braços..
para não te largar mais..
meu amor...
(Cris Anvago)

terça-feira, 19 de junho de 2012

Eu quero uma casa no campo..
onde eu possa planar no silêncio da paz..
onde o amor inunde o espaço...
onde só tu e eu existimos...
e nossos suspiros de amor ecoem na floresta...
onde os pássaros acompanhem a melodia do nosso amor..
Eu quero uma casa no campo...
onde o nosso amor acorda livremente...
onde os nossos corpos se soltem..
...
onde só existam as nossas emoções..
onde os nossos sentires sejam as estrelas..
onde a nossa loucura se reflita na lua cheia..
onde te recebo..e me dou...
inteira...
corpos enlaçados e enamorados..
onde os nossos beijos sabem a amoras silvestres..
Eu quero uma casa no campo..
onde o nosso amor cresça...
sempre mais..e mais...meu amor..
(Cris Anvago)

domingo, 17 de junho de 2012

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Gosto de pensar-te...adoro sentir-te...mas maravilhoso e belo..é amar-te...(Cris Anvago)
Saudade de tudo...em ti...um segundo é uma eternidade sem ti...meu amor...tu...meu desejo..encanto de mim...minha paz...minha loucura...meu coração...minha vida...(Cris Anvago)
 
 
O nosso lençol branco...
parece uma tela de um quadro por pintar..
branco de lua cheia...brilhante...
que enche o quarto...
o meu corpo..
luz..quente..com sede de ti...
amarelo de luz...
o teu corpo azul..céu..
onde eu gosto de voar...
e de me encantar...
...
misturamos os nossos corpos..
em movimentos ondulantes..
feitos de carícias suaves...
paixão..e desejo...
misturamos os nossos sabores...
misturamos as nossas cores...
amarelo luz..azul céu...
e na nossa tela de amor...
misturas de cheiros e cores...
descansamos...
no verde da esperança...
no bosque onde nos perdemos..
no mar onde nos encontramos..
e..na tela..agora pintada..de nós amor..
serenamente descanso..em ti...
(Cris Anvago)

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Tua..
corpo e alma...
como um poema inacabado..
procuro em ti as palavras..
bebo..de ti..inspiração..
desejo e paixão...
Tua...
estrela que brilha em mim..
que dança..e murmura..
...
desejos e sonhos...
Tua...
quando te beijo..
leio palavras belas no teu corpo..
que percorro com os meus dedos..
e escrevo..dedilho..em ti...
as palavras que falam de loucura..
os gestos que soltam gemidos dos teus lábios..
como música..que acompanha cada letra que escrevo..
meu poema inacabado...
onde os espaços não existem..
só exclamações de prazer...
Tua...
sempre Tua..
meu amor...
(Cris Anvago)
 
 

terça-feira, 12 de junho de 2012

E a tua respiração...entra no meu ouvido..
como brisa fresca do mar...
suave e bela...
que me faz arrepiar...
meu amor...
como te sinto em mim...
...
leve brisa..sopro de vida...
tudo...em mim...
dou-me inteira...
fico derretida...
suave...leve..intensa...
e abraço-me a ti..
sinto-te...
brisa..vento...vendaval...
que sai de mim...e entra em ti..
revolto-te..em carícias e beijos...
e faço de ti..meu ninho...
paixão...cabelos em desalinho..
teus nos meus..suaves..
e o meu toque em ti..
meu amor...
(Cris Anvago)
 


 
 
Quero fazer uma melodia em ti..
onde o som seja o sal do teu corpo
da lágrima que cai timida dos teus olhos
onde o cheiro seja de maresia
como o cheiro do desejo que sai de ti

Quero fazer uma melodia em ti..
onde o som baixo dos teus suspiros
ecoem com a minha respiração ofegante
onde o ondular do teu corpo
...
flutue..como o som de uma flauta..
que penetra em mim..
e me transporta também para as montanhas
onde o ar puro..és tu...
e os meus pulmões..cheios de ti..
gritem..num tom suave...e quente..
os teus orgasmos de mel...

Quero fazer uma melodia de ti...
que seja doce...rebelde..viva...
como a vida e o amor...
que existe em ti..
que penetra no meu corpo..
afaga a minha mente..
uma melodia de ti..em mim...
que me invade...
meu amor..
(Cris Anvago)
Os meus dedos
tocam no teu sorriso
e o meu corpo estremece

A minha boca
toca suavemente nos teus olhos
e nesse toque
eu vejo o mundo
(Cris Anvago)
 
 

Simone - Lenha

Acordei em ti amor...
vesti-te de carícias...
pintei-te de beijos...
aqueci o teu corpo com os meus abraços...
beijaste a minha nuca..
e arrepiei de prazer...
acordaste em mim amor...
e vestiste o meu corpo de desejo...
(Cris Anvago)

segunda-feira, 11 de junho de 2012


Pão e Poesia
Simone
Composição : Moraes Moreira - Fausto Nilo

Felicidade
É uma cidade pequenina
... É uma casinha, é uma colina
Qualquer lugar que se ilumina
Quando a gente quer amar
Se a vida fosse trabalhar
Nessa oficina
Fazer menino ou menina
Edifício e maracá
Virtude e vício
Liberdade e precipício
Fazer pão, fazer comício
Fazer gol e namorar
Se a vida fosse o meu desejo
Dar um beijo em teu sorriso
Sem cansaço
E o portão do paraíso
É teu abraço
Quando a fábrica apitar
Não há passagem
Entre o pão e a poesia
Entre o quero e o não queria
Entre a terra e o luar
Não é na guerra
Nem a saudade
Nem futuro
É o amor no pé do muro
Sem ninguém policiar
É a faculdade de sonhar
É a poesia que principia
Quando eu paro de pensar
Pensa na luta desigual
Na força bruta, meu amor
Que te maltrata
Entre o almoço e o jantar
O lindo espaço
Entre a fruta e o caroço
Quando explode é um alvoroço
Que distraiu o teu olhar
É a natureza onde eu apareço
Metade da tua mesma vontade
Escondida em outro olhar
E como doce
Não esconde a tamarinda
Essa beleza só finda
Quando a outra começar
Vai ser bem feito
Nosso amor daquele jeito
Nesse dia é feriado
Não precisa trabalhar
Pra não dizer
Que eu não falei da fantasia
Que acaricia o pensamento popular
O amor que fica entre a fala
E a tua boca
Nem mesmo a palavra mais louca
Consegue significar felicidade
Felicidade
É uma cidade pequenina
É uma casinha, é uma colina
Qualquer lugar que ilumina

Roberto Carlos - Café da manhã

Gosto de te ver dormir..
depois de uma noite de paixão..
o teu rosto sereno...
o teu corpo tranquilo e belo..
deixa a chuva lá fora cair..
aqui..tu..eu e o sol..
gosto quando afagas as minhas costas..
quando os teus olhos dizem que me amas..
as tuas mãos em mim...
e eu..inteira..em ti..meu amor...
(Cris Anvago)
 
 
Zélia Dunca - Enquanto durmo
Quero contar-te um segredo...baixinho...no teu ouvido : se não existisses...a minha vida não tinha sol..(Cris Anvago)
Dois copos de vinho branco gelado...
dois corpos juntos quentes...
dois corações apaixonados com os batimentos acelerados...
duas mãos que se tocam quentes...
olhos nos olhos a sorrir...
duas bocas que se unem num beijo molhado...
dois seres lindos que se amam...
um momento mágico só nosso...
(Cris Anvago)
O teu abraço faz-me tremer de emoção...
os teus beijos tocam-me a alma..
(Cris Anvago)
E o sol nasce...
quando os nossos corpos vibram de paixão...
(Cris Anvago)

quinta-feira, 7 de junho de 2012

As minhas mãos...
percorrem o teu corpo
em carícias suaves
beijo-te...
num beijo longo e apaixonado...

quero dar-te o céu..a terra..o mar..
quero dar-te um mundo de prazer..
Meu amor..
(Cris Anvago)
Esta noite...vou reunir todas as estrelas que conseguir...pendurar cada uma delas na tua janela...para que tenhas uma noite iluminada...(Cris Anvago)

quarta-feira, 6 de junho de 2012

O brilho do teu olhar..fascina-me...
o que me dizem os teus olhos..arrepia-me..
A tua luz entra em mim...
E..eu amor...
beijo o sorriso do teu olhar...
(Cris Anvago)

terça-feira, 5 de junho de 2012

E quando a noite se aproxima..devagar...
já sinto o teu cheiro..fresco..
os meus lábios secos..á espera dos teus..
que maravilhoso o nosso beijo molhado..
silêncioso..sentido...intensamente sensual..
antes de chegares o meu corpo já chama pelo teu...
vejo-te...
e os meus braços institivamente já esperam pelo teu corpo..
os meus olhos brilham...
o teu corpo treme..bem junto ao meu..
...
o nosso beijo..
bebo-te com loucura...
em silêncio grito que te amo..
a minha lingua na tua orelha..
as minhas mãos na tua cintura..
eu...em ti...
prazeres doidos..
ofegante a tua respiração..
junta-se á minha...
colorimos o nosso desejo..com as nossas carícias...
explodimos de emoções maravilhosas...
os nossos corpos falam por nós...
em silêncio..amamo-nos...
(Cris Anvago)

domingo, 3 de junho de 2012

Eu..Tu..A rosa...

Vejo o teu sorriso e escrevo..
solto um suspiro..
perante tanta beleza...
tanta luz no teu olhar..
e guardo o teu corpo..
entre os meus braços...
(Cris Anvago)
Nunca esquecer :
 
quando se diz que se ama..e não se demonstra...
fica muito difícil de acreditar...
a palavra perde o verdadeiro sentido...
fica igual a todas as outras...
(Cris Anvago)
Danço..se gosto da música...
danço em ti..porque te amo...
(Cris Anvago)

Dance me to the end of love - Leonard Cohen

Sempre que me perco nos meus pensamentos...
apareces tu..
para que me possa encontrar...
e..nesse momento..
encontro-me em mim...
encontro-me em ti...
e nos meus pensamentos...
nunca me deixas perdida...
(Cris Anvago)

O meu amar...

Acordei em ti..

Pensas em mim...

Peguei num livro...larguei..não me apetece ler...
peguei num cd...larguei...não me apetece ouvir...
peguei num filme...desisti...não me apetece ver...
toquei nas tuas mãos...não larguei...apetece-me amar-te...
(Cris Anvago)

sexta-feira, 1 de junho de 2012

sou paixão pura...
sou paixão imoral...
sou paixão intensa...
sou e vivo das minhas emoções...
que são maiores que o mundo...
(Cris Anvago)
 
 
Fundamental...é mesmo o AMOR...
Quando olhas para mim...
Só vês o que o teu coração sente..
só sentes o que o teu corpo deseja..
E eu quero que vejas...
que nas minhas mãos..
existem ondas de carícias..
nos meus lábios o sol..
que incendeia os nossos beijos..
no meu corpo..
um oceano de prazeres...
e um coração que bate por ti...
(Cris Anvago)
Beija-me...suavemente...
ama-me...intensamente..
o amanhã é hoje...
momento de paixão...
agora...
estou aqui...
(Cris Anvago)
Envolvo-me nas tuas palavras...
sorrio para os teus pensamentos soltos...
afago o teu cabelo para sentir a sua suavidade...
agarro-te e puxo-te para mim...
respiro-te..provo mais uma vez o teu beijo...
corpos tão juntos..que são um...
enlaço-me em ti..
sinto-te pulsar quando te toco...
suave e intenso...
este desejo que nos invade...
...
encanto o teu ouvido com as minhas palavras..
soltas...voz profunda...suave..
pausadamente murmuro enquanto te amo
soltas o teu corpo...
nas minhas mãos viajantes...
viaja na minha imaginação paixão...
será uma viagem louca...
de prazer...
(Cris Anvago)
E quando vejo teu corpo vestido de nada...
pele seda...á minha frente...
estou a admirar a mais bela tela
pintada por um ser superior..
autêntica...viva...sensual...
quero acariciar a tua pele...
sentir o meu corpo arrepiar...
com o calor e desejo que transborda de ti...
A tua paixão invade os meus poros..
enlouquece-me de prazer...
meu amor...
(Cris Anvago)