terça-feira, 12 de junho de 2012

Quero fazer uma melodia em ti..
onde o som seja o sal do teu corpo
da lágrima que cai timida dos teus olhos
onde o cheiro seja de maresia
como o cheiro do desejo que sai de ti

Quero fazer uma melodia em ti..
onde o som baixo dos teus suspiros
ecoem com a minha respiração ofegante
onde o ondular do teu corpo
...
flutue..como o som de uma flauta..
que penetra em mim..
e me transporta também para as montanhas
onde o ar puro..és tu...
e os meus pulmões..cheios de ti..
gritem..num tom suave...e quente..
os teus orgasmos de mel...

Quero fazer uma melodia de ti...
que seja doce...rebelde..viva...
como a vida e o amor...
que existe em ti..
que penetra no meu corpo..
afaga a minha mente..
uma melodia de ti..em mim...
que me invade...
meu amor..
(Cris Anvago)