quarta-feira, 20 de junho de 2012

A música ecoava na sala...
a valsa..
dos nossos sentires...
os olhos brilhantes..
que me iluminaram...
os meus dedos tocam o teu rosto..
belo..sorriso em ti...
gargalhada em ti...
E a valsa..das nossas emoções...
...
o nosso amor é eterno...
a luz não se apaga..está em nós...
e os instantes vividos..
são repetidos..em beijos molhados...
corpos que ondulam..leves..
ao som da nossa paixão...
voamos pela sala..
aperto-te nos meus braços..
para não te largar mais..
meu amor...
(Cris Anvago)