segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Tu és o Sol que ilumina as minhas noites..Tu é a estrela que me guia de dia..Tu que me vês como sou..Tu que me compreendes..Tu que tens tempo para mim..Tu que me abraças mesmo não estando perto..Tu que me tens nos teus sonhos...Tu que vês o meu lado sensível e belo..Tu que minimizas os meus defeitos e os aceitas...Tu que te preocupas como eu estou em cada momento do meu dia..Tu sim..amas-me..com a mesma intensidade com que eu te amo...Eu que te acarinho nos momentos difíceis...Eu que largo tudo para te confortar com palavras e gestos...Eu que te coloco em primeiro lugar no meu dia...Eu que te coloco antes de mim..que me preocupo..que minimizo os teus defeitos e os aceito..Eu que sempre estou aqui para te ouvir..Eu que não digo que não tenho tempo..porque tu és a pessoa mais importante para ocupar o meu tempo..Assim é o amor..pensar na outra pessoa..colocá-la em primeiro lugar..Amar é simplesmente isto..sem egoísmos..sem balanças..sempre presente...É tão simples para quem ama..dificil de compreender para quem diz que ama..difícil para mim não compreender como pode uma pessoa não demonstrar o que sente..se sente..fácil para mim se a pessoa não sente...fica este pequeno pensamento sobre amar..ou pensar que se ama...(Cris Anvago)
Tenho janelas abertas..em cada uma delas..um beijo teu...um poema de amor...a flor com poemas de amor que me ofereces...tenho janelas abertas...para tu entrares...meu amor...para o teu corpo se encontrar com o meu...tenho janelas abertas amor..por onde tu entras...e contigo o sol..a lua..as estrelas que desenhas em mim...(Cris Anvago)
Deixa-me escrever um poema no teu corpo...
com a minha lingua...
e os meus dedos esguios..
deixa-me percorrer-te com palavras de amor e desejo...
arrepiar a tua pele com as minhas exclamações de prazer...
deixa-me percorrer todos os teus recantos..
e encantos escondidos...
escrever em ti palavras de apaixonadas...
deixa-me murmurar poemas de amor junto ao teu ouvido..
enquanto navego em ti...
o teu corpo ondulante no meu..
o meu corpo a ferver no teu...
deixa-me hoje amar-te...
até ficarmos sem forças...
mas com a tranquilidade a invadir-nos...
descansamos..
com um sorriso..
em nós...
 
(Cris Anvago)
Voei no céu azul contigo..
Mergulhei nas águas cristalinas contigo..
tremi de calor contigo...
construí castelos contigo..
vi as estrelas mais brilhantes contigo..
sorri e dei gargalhadas contigo.
.gemi de prazer contigo..t
oquei a lua passei pelo sol contigo..
Ai amor...
como é maravilhoso fazer amor contigo...
 
(Cris Anvago)
Quando o calor do teu corpo..
invade o meu...
o nosso amar é febril..
é um desejo que não termina...
é um amar..que não acaba..
quando o teu e o meu calor se misturam...
os nossos corpos balançam
na dança descompassada do amar
e do querer..
queremos mais..
amamos mais..
desejamos mais..
quero-te..
tenho-te..
sou tua..
inteira..
o meu corpo vestido das tuas caricias..
é teu..
o teu corpo onde as minhas mãos navegam é meu..
naquele momento..
pertencemo-nos...
no momento de amor somos um corpo..
um beijo..
um desejo...
uma alma..
um coração...
meu amor..
 
(Cris Anvago)
Não penses o quanto te amo..
sente...
ao sentires as minhas carícias..
o meu toque no teu corpo..
o quanto vibras e me sentes..
não tens dúvidas..
do meu amor por ti...
quero-te sempre ao meu lado..
sorrir contigo..
chorar contigo..
abraçar-te...
os nossos corpos abraçam-se..
os nossos corações beijam-se..
minha paixão...
 
(Cris Anvago)
E..porque te sinto..fazes parte de mim...E porque te amo...és tudo para mim..dou-me inteira..sempre...não só corpo..mas sempre alma..sempre o meu coração..que bate por ti..porque te amo..porque te sinto...e fazes parte de mim...sempre...meu amor...(Cris Anvago)
Quando o teu corpo toca no meu...
sou luz..
sou fogo..
sou paixão..
quero-te...
com todos os meus sentidos..
quero amar-te..
tocar-te...
sentir todo o teu corpo em mim...
sentir o teu beijo de paixão..
sentir-te tremer...
tremer contigo..
gemer..
acariciar...
o meu coração já o tens á muito tempo..
e o teu corpo no meu..
é a sinfonia perfeita..
de um grande amor...
 
(Cris Anvago)
O teu olhar..faz-me flutuar pelo azul do céu..mergulhar nos oceanos mais profundos..O teu olhar é tão suave como uma pétala de rosa..O teu olhar seduz-me...É maravilhoso..o brilho do teu olhar ilumina a minha vida..meu amor...(Cris Anvago)
Quero apertar-te nos meus braços...
não te quero largar...
quero sentir o teu corpo a balançar no compasso do meu...
quero ouvir a nossa melodia..
e segredar-te ao ouvido : vamos namorar a noite inteira..meu amor?...
sorriste...
e os nossos corpos continuaram tão juntos...
e namorámos...
namorámos....
(Cris Anvago)
Saboreio a tranquilidade que me ofereces...
Sinto o desejo que despertas em mim...
Amo o teu beijo tão sensual e intenso...
Adoro o teu sorriso que me faz sorrir...
Aguças em mim a paixão com o teu corpo quente e belo...
Navego no teu (a)mar até ficar sem fôlego..
excitas-me quando colas o teu corpo no meu..
despertas a minha imaginação quando gemes baixinho de prazer...
Fico louca e quero sempre mais quando os teus olhos brilham..
 e o teu corpo vibra num orgasmo lindo..
colorido..sentido em todo o teu meu corpo..
simplesmente amo-te..
minha paixão...
(Cris Anvago)
Dá-me a tua mão..vamos entrelaçar os nossos dedos...caminhar devagar..queres ir ver o sol nascer ? Namoramos em silêncio...e deixamo-nos lentamente invadir...pelo sorriso do Sol...meu desejo...(Cris Anvago)
Visto o teu corpo com pétalas de rosa vermelhas..
em cada uma delas uma palavra de amor e desejo..
o perfume das rosas mistura-se com o teu perfume natural..
adoro o teu cheiro..
sopro suavemente cada pétala...
e vou beijando o bocadinho do teu corpo que fica descoberto..
ao teu ouvido murmuro palavras de desejo..
e sinto a tua respiração cada vez mais ofegante..
quando o teu corpo fica descoberto...
deito-me em ti...
beijo-te..
longamente...
profundamente...
sinto a vibração do teu corpo no meu..
ai..meu amor..
vou amar-te..
até amanhecer...
 
(Cris Anvago)
Sinto o teu pulsar..
quando acaricio a tua mão..
delicada..suave..macia..bela..
mão de anjo..
que me faz planar..
que me envolve em tremores de desejo..
Sinto o teu pulsar..
na minha mão..
que navega por ti..
que mergulha em ti..
que te puxa para mim..
Sinto o pulsar do teu corpo desnudado colado ao meu..
que dança e sorri no teu..
Sinto o teu..
Meu pulsar..
em nós..
no nosso balancear..
de paixão..
nos nossos gemidos..
prazeres revelados nas vibrações dos nossos corpos..
Sinto-te..
Sentes-me..
vivemos os nossos sentires...
nadamos em amor..
deliciamo-nos..
em nós..meu amor...
 
(Cris Anvago)
Quando penso em ti já os meus olhos brilham..quando estás a chegar já os meus braços estão abertos para te envolver...quando estás nos meus braços já a minha boca tem sede da tua...e num longo..suave..intenso..beijo..aquecemos o nosso desejo..eu quero-te..eu ofereço-me..a ti..meu amor...(Cris Anvago)

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Quero apertar-te nos meus braços...não te quero largar...quero sentir o teu corpo a balançar no compasso do meu...quero ouvir a nossa melodia..e segredar-te ao ouvido : vamos namorar a noite inteira..meu amor?...sorriste...e os nossos corpos continuaram tão juntos...e namorámos...namorámos....(Cris Anvago)
Saboreio a tranquilidade que me ofereces...
Sinto o desejo que despertas em mim...
Amo o teu beijo tão sensual e intenso...
Adoro o teu sorriso que me faz sorrir...
Aguças em mim a paixão com o teu corpo quente e belo...
Navego no teu (a)mar até ficar sem fôlego..
excitas-me quando colas o teu corpo no meu..
despertas a minha imaginação quando gemes baixinho de prazer...
Fico louca e quero sempre mais quando os teus olhos brilham
e o teu corpo vibra num orgasmo lindo..
colorido..
sentido em todo o teu meu corpo..
simplesmente amo-te..
minha paixão...
 
(Cris Anvago)
Dá-me a tua mão..vamos entrelaçar os nossos dedos...caminhar devagar..queres ir ver o sol nascer ? Namoramos em silêncio...e deixamo-nos lentamente invadir...pelo sorriso do Sol...meu desejo...(Cris Anvago)

OLHEI O MAR...

Hoje...
olhei para o mar...
e imaginei o teu corpo..
ondulante de desejo..
nas suaves ondas..
o teu beijo profundo...
onde as nossas linguas não se cansam de nadar..
e se abraçam com loucura...
olhei para o mar..
e senti..
o teu corpo a saber a sal..
segurei a pérola..
dentro da sua concha..
bem fundo..
no mar..
brinquei com a estrela do mar..
fiz castelos de areia..
para ti..
e vi..
á beira mar..
uma concha linda..
brilhante..
onde coloquei a minha paixão..
e te ofereci..
Hoje..
admirei e brinquei no mar..
em ti...
meu amor..
(Cris Anvago)
Esta noite sonhei contigo...e acordei com o teu sorriso no meu olhar..meu amor...(Cris Anvago)
Quero naufragar em ti...
minha ilha deserta..
viver em ti...
sem tempo...
naturalmente...
a natureza que tu és..
que me sacia e me dá tudo o que necessito...
amor..
tranquilidade..
loucura..
tu és a ilha onde eu naufraguei..
um dia...
e fiquei...
encantada por ti..
até hoje...
 
(Cris Anvago)

VISTO O TEU CORPO...

Visto o teu corpo com pétalas de rosa vermelhas..
em cada uma delas uma palavra de amor e desejo..
o perfume das rosas mistura-se com o teu perfume natural..
adoro o teu cheiro..
sopro suavemente cada pétala...
e vou beijando o bocadinho do teu corpo que fica descoberto..
ao teu ouvido murmuro palavras de desejo..
e sinto a tua respiração cada vez mais ofegante..
quando o teu corpo fica descoberto...
deito-me em ti...
beijo-te..longamente...
profundamente...
sinto a vibração do teu corpo no meu..
ai..meu amor..
vou amar-te..até amanhecer...
(Cris Anvago)
E com o silêncio...mil perguntas sem respostas em mim..tantos sonhos..tantos medos..tanto amor..o silêncio desperta as minhas emoções..os meus sentires..silêncio tão barulhento na minha mente...não baralhes os meus sentimentos..leva-me para lugares belos..onde o amor que invento..seja a minha realidade..mesmo no silêncio...(Cris Anvago)
Quando penso em ti já os meus olhos brilham..quando estás a chegar já os meus braços estão abertos para te envolver...quando estás nos meus braços já a minha boca tem sede da tua...e num longo..suave..intenso..beijo..aquecemos o nosso desejo..eu quero-te..eu ofereço-me..a ti..meu amor...(Cris Anvago)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

LARA LI - Eu quero ter eternamente este segredo



Eu quero ter eternamente este segredo
que juntou as nossas mãos linha a linha dedo a dedo,
Eu quero ver e adivinhar as ratoeiras
espalhadas no caminho, insinuantes, traiçoeiras.
Eu quero ter a cega e surda resistência
que impede os nossos olhos de perderem inocência,
Eu quero estar para além da multidão inquieta.
Eu quero apenas ler no céu do meu país
que conquistei o teu amor e o meu direito a ser feliz.
Eu quero ter eternamente este segredo
que juntou as nossas mãos linha a linha dedo a dedo,
Eu quero dar à nossa vida a dimensãode um sorriso de criança,
de um discurso de Platão.
Eu quero estar em sintonia permanente
quando fazemos amor no nosso quarto crescente,
Eu quero ter à nossa porta um deus antigo
que nos guarde do perigo.
Eu quero ter eternamente este segredo
que juntou as nossas mãos linha a linha dedo a dedo.

Letra: Ana Zanatti - Música: Fernando Girãoin Consequências by Lara Li

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Quero naufragar em ti...minha ilha deserta..viver em ti...sem tempo...naturalmente...a natureza que tu és..que me sacia e me dá tudo o que necessito...amor..tranquilidade..loucura..tu és a ilha onde eu naufraguei..um dia...e fiquei...encantada por ti..até hoje...(Cris Anvago)
Visto o teu corpo com pétalas de rosa vermelhas..
em cada uma delas uma palavra de amor e desejo..
o perfume das rosas mistura-se com o teu perfume natural..
adoro o teu cheiro..
sopro suavemente cada pétala...
e vou beijando o bocadinho do teu corpo que fica descoberto..
ao teu ouvido murmuro palavras de desejo..
e sinto a tua respiração cada vez mais ofegante..
quando o teu corpo fica descoberto...
deito-me em ti...
beijo-te..longamente...profundamente...
sinto a vibração do teu corpo no meu..
ai..meu amor..
vou amar-te..
até amanhecer...
(Cris Anvago)
E com o silêncio...mil perguntas sem respostas em mim..tantos sonhos..tantos medos..tanto amor..o silêncio desperta as minhas emoções..os meus sentires..silêncio tão barulhento na minha mente...não baralhes os meus sentimentos..leva-me para lugares belos..onde o amor que invento..seja a minha realidade..mesmo no silêncio...(Cris Anvago)

O TEU..MEU...PULSAR...

Sinto o teu pulsar..
quando acaricio a tua mão..
delicada..suave..macia..bela..
mão de anjo..que me faz planar..
que me envolve em tremores de desejo..
Sinto o teu pulsar..
na minha mão..
que navega por ti..
que mergulha em ti..
que te puxa para mim..
Sinto o pulsar do teu corpo desnudado colado ao meu..
que dança e sorri no teu..
Sinto o teu..meu pulsar..em nós..
no nosso balancear..de paixão..
nos nossos gemidos..
prazeres revelados nas vibrações dos nossos corpos..
Sinto-te...
Sentes-me...
Vivemos os nossos sentires...
nadamos em amor..
deliciamo-nos..
em nós..meu amor...
(Cris Anvago)
Quando penso em ti já os meus olhos brilham..quando estás a chegar já os meus braços estão abertos para te envolver...quando estás nos meus braços já a minha boca tem sede da tua...e num longo..suave..intenso..beijo..aquecemos o nosso desejo..eu quero-te..eu ofereço-me..a ti..meu amor...(Cris Anvago)

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Quando no meu corpo a tua ausência se chama saudade...nos meus olhos vive a miragem de ti..meu amor..(Cris Anvago)
Em cada gesto meu..a presença do teu gesto meigo e terno..da tua carícia...Em cada palavra tua..o sabor do teu beijo nos meus lábios..que sempre esperam pelos teus..Em cada sorriso teu um mar de desejo e paixão..que em ondas suaves..me invade..e me faz sorrir também..meu amor..(Cris Anvago)

Namoro das nossas vozes..

O som da tua voz..

vagueia pelo espaço..até mim..
macia..com tanta ternura..
e quando te entusiasmas..
inúmeros instrumentos tocam alegremente..
e fazem-me sentir feliz...
e eu..com a minha voz..
mais rouca e tranquila..
vou namorando as tuas frases..
com palavras serenas...
profundas...
e quando as nossas vozes se encontram..
a harmonia acontece..
o abraço do teu sentir..com o meu..
o beijo entrelaçado entre frases
alegres e meigas...
desejos que expressamos..
no tom das nossas vozes..
meu amor..fala-me de ti..
encanta-me..
e eu digo-te como te desejo..
eu sinto..e tu sentes..
a nossa paixão..
através das nossas vozes..
quentes..enamoradas...
a sensibilidade também existe...
no namoro das nossas vozes..
(Cris Anvago)
Quero levar-te a passear..pegar na tua mão...firme..mas suavemente..caminhar a teu lado..sentir o sol..ver o mar..beijar o teu sorriso..caminhar contigo..meu amor..e sentir a felicidade em nós..(Cris Anvago)
Ontem..disse que te amava..e dei-te um beijo..no dia anterior disse-te que te amava..abracei-te..e um beijo te dei..hoje..digo que te amo..um beijo..uma carícia..amanhã..vou dizer que te amo..vou dar-te muitos beijos..vou abraçar-te..mimar-te..minha paixão..porque todos os dias..são de namoro..cada dia que vivemos..sorrimos..amamos..partilhamos..namoramos...meu amor..(Cris Anvago)
Quando se ama..luta-se pelos impossíveis...(Cris Anvago)
O Sol aquece o meu corpo..o teu coração aquece o meu...minha paixão..(Cris Anvago)

EMOÇÕES.wmv

TENHO AMOR.wmv

sábado, 18 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Balada do louco - Ney Matogrosso



Sim...sou louca..
por te amar assim..
intensamente..
por sentir os teus gestos nos meus..
por sentir prazer quando me afagas os cabelos..
exaltação dos meus sentidos quando me beijas..
translúcida..transparente..nos meus afetos..
e quero-te..beijo-te..não te largo..
puxo o teu corpo até te sentir..
ficas em mim..
outrora o frio que em mim existia..
transformou-se na fogueira que se mantém acesa..
por nós..
loucuras..devaneios apaixonados..
Sim..Sou louca..
quando vejo o teu olhar brilhar..
num orgasmo delirante..
deito-me em ti...
beijo-te...
e continuo a amar-te...
Sim..Sim..
Sou Louca !!!!!
Meu amor...
(Cris Anvago)

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Quero beijar a tua alma...
fazer parte de ti..
Quero morar no teu pensamento..
viver no teu corpo..
Quero ser o teu beijo inesquecível..
o olhar maroto..
o sorriso lindo..
Quero ser a voz que gostas de ouvir..
o teu segredo mais profundo..
Quero o que és para mim..
amor desejado..
paixão vivida..
o sonho realizado...
(Cris Anvago)
Nos momentos em que te penso..
sinto-te em mim..
como se estivesses a acariciar-me..
sinto o teu cheiro..
o sabor do teu beijo nos meus lábios...
e tranquilamente penso-me..
a percorrer o teu corpo nu..
beijar o teu pescoço..
com os meus braços apertar-te em mim..
e penso-te..
penso-me..
sinto-te..
tão em mim...
meu amor..
(Cris Anvago)
Quando se ama..não se pensa se é certo..ou errado...o coração só sente...e ama...intensamente...(Cris Anvago)
Um abraço intenso..e os nossos sentimentos misturam-se..somos uma única pessoa...(Cris Anvago)
Adoro o teu beijo..tem paixão..desejo...e...o nosso sabor..no beijo..todos os nossos sentimentos..e desejos..meu amor...(Cris Anvago)
Por vezes o amor..é como um relógio solar...não se vê as horas em tempo nublado..os silêncios indecifráveis..as palavras que ficam por dizer..os sentimentos que não se expressam..no amor..é a sombra inexistente...no relógio de sol...sem sol o relógio não é nada...sem diálogo..carinho...palavras de ternura..abraços e beijos...sentires intensos..o amor não expressado...pode não ser sentido...(Cris Anvago)

Now And Forever (Saxofones Hoyden)



Suavemente...amo-te..agora..e sempre..meu amor....(Cris Anvago)
Perto de ti sou criança...sou pião..que rodopia..alegremente á tua volta..que continua a girar na tua mão..que me segura e afaga..sou pião..e rodopio em ti...contigo..dois corpos que giram..soltamos gargalhadas..somos felizes..rodopiamos em nós..dentro..fora..e brincamos...e assim..nos amamos..(Cris Anvago)

O RELÓGIO NÃO PÁRA...

Abraço-te..
e o relógio não pára..
beijo-te...
e os ponteiros teimam em andar..
mais rápidos que as nossas carícias..
gostava que o relógio parasse..
mas não pára..corre..
e o tic tac..
só para nos provocar..
quero amar-te sem horas...
ignoro-o..e amo-te..
beijo-te..
não existem segundos..
nem minutos..
nem horas..
nada..
sorrimos..
agora só oiço o bater dos nossos corações..
as nossas respirações ofegantes..
 amamo-nos..
devagar..
demoradamente...
e continuamos..
nasceu o sol..
apareceu a lua..
e o nosso amor continua...
temos todo o tempo..minha paixão..
só para nós..
e fico..sem tempo..
no tempo..em ti...
(Cris Anvago)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Se nesta noite fria...um pequeno pássaro...aparecer á tua janela..sou eu amor..suavemente pega em mim..com as tuas delicadas mãos..e aquece-me..ficarei quietinha...e muito quentinha..por debaixo do teu lençol..bem pertinho de ti..e de manhã amor..irei acordar-te..com uma suave melodia..
(Cris Anvago)
Vou segredar-te ao ouvido : és muito importante para mim...penso sempre em ti..os teus problemas são os meus..as tuas alegrias as minhas..quero chorar e rir contigo..abraçar-te e dar-te força..carinho..mimar-te..estou aqui para te compreender..ouvir..e apoiar..em tudo..porque te amo muito...tão simples...amar..(Cris Anvago)
Se sentires frio...
serei o teu sol..
aqueço o teu corpo..
até ferveres de prazer...
Se sentires calor..
serei o teu mar..
para que te possas refrescar...
nadar..
brincar nas pequenas ondas..
que invadem o teu corpo...
Sempre que pensares em mim...
eu estarei a pensar em ti..
quando me sentires..
estarei em ti...amor...
(Cris Anvago)

Métamorphose



Acordei nua..perdida..
embrulhada no meu lençol branco..
pensei em ti..libertei-me de mim..
de tons alegres fiquei vestida..
senti-me leve..capaz de voar..
como uma borboleta..
asas de mil cores..
flores de muitos sabores..
odores envolviam os meus sentidos..
voei..em direcção a ti..meu amor..
para pousar em ti..
minha colorida flor..
beijada por mim..
borboleta encantada por ti..
beijo-te e fico presa a ti..
tudo o que preciso amor
borboleta que precisa de ti minha flor..
(Cris Anvago)
Acordei nua..perdida..

embrulhada no meu lençol branco..
pensei em ti..libertei-me de mim..
de tons alegres fiquei vestida..
senti-me leve..capaz de voar..
como uma borboleta..
asas de mil cores..
flores de muitos sabores..
odores envolviam os meus sentidos..
voei..em direcção a ti..meu amor..
para pousar em ti..
minha colorida flor..
beijada por mim..
borboleta encantada por ti..
beijo-te e fico presa a ti..
tudo o que preciso amor
borboleta que precisa de ti minha flor..
(Cris Anvago)

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Quando fazemos amor...voamos livremente pelo céu azul...vibramos em ondas coloridas de prazer..(Cris Anvago)
Foto: Cris Anvago

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Enamorada..
deito-me nas nuvens...
caminho na lua..
encanto-me com o seu brilho..
canto e danço...
uma melodia imaginária...
estás nos meus sonhos coloridos..
estás na minha realidade cheia de cor...
és a minha estrela principal..
que se junta a mim..
que dança comigo..
que se deita comigo..
que eu afago..
que me beija..
onde eu me aninho..e
m mim respiras ofegante..
em ti..
sou fogo..
que nos ilumina..
aquece..
e faz prolongar as nossas horas de prazer..
fico colada a ti..
não te largo..
beijo-te longamente..
beijos intensos..
que bebem os teus suspiros de prazer...
amo-te..simplesmente...
sem pressas...minha paixão..
(Cris Anvago)

Amor Electro - Estrela da tarde



Meu amor..a minha estrela da tarde... és tu...espero pelo teu beijo...espero-te vestida de encantos..porque tu..meu amor..és a minha alegria..espero por ti...és noite..és dia..resplandescente em mim..brilhante em ti..numa noite mágica..a noite fez-se dia..iluminada...de tanta paixão..de tanto desejo..de tantos sussurros e gemidos de orgasmos brilhantes em nós...guardo-te em mim...sempre..meu amor..alegria de viver..de estar...sempre apaixonada..surges do nada...e ficas com tudo..em mim...e tenho a certeza...és o amor que eu quero..és o amor pelo qual sempre lutarei...(Cris Anvago)

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Foto: Cris Anvago
O nosso amor é composto por diversas cores...
(Cris Anvago)
Sou minúscula...pouco sei...mas já fui mais pequena...quase nada...fui aprendendo..principalmente a amar...cresço com abraços..com sorrisos..com beijos...sei cuidar..amar...e leio..e oiço..sinto..vivo e respiro emoções...não quero parar de crescer...(Cris Anvago)
Partilhas comigo um chocolate...os teus lábios..a tua língua..o teu corpo..o teu desejo..os teus gemidos de prazer..os teus orgasmos suspirados..a tua paixão..o teu carinho..o teu amor..a tua vida...E eu..partilho tudo contigo..o meu coração também é teu...meu amor de viver...(Cris Anvago)
E na minha viagem..as minhas memórias e vivências..são minhas companheiras..de coração trancado o percurso é pequeno..antes da próxima paragem..solto o coração..que louco voa..encontra o teu..e o beijo acontece..e o amor renasce..coração solto é alegre..não o prendo mais..(Cris Anvago)
Uma pomba pousou no meu ombro...escrevi um poema..para ti meu amor..quando vires uma pomba branca...é a que leva..o meu desejo..carícias..e paixão..(Cris Anvago)
Cheia de luz fiquei..ao ver o teu brilhante olhar...cheia de desejo...ao ver os teus lábios...quente de paixão...quando te aproximas...louca..quando chegas perto..e eu te dispo...devagar..beijo...adoro saborear-te...aquecer-te..com o meu amor...(Cris Anvago)
E o teu respirar..ofegante..excita-me amor..faz crescer ainda mais o meu desejo..toco-te tão leve..mais leve que os pingos da chuva miúdinha..sinto-te tanto..sentes-me tanto...enlaço os meus braços em redor de ti...sinto-me em ti..e ficas..em mim..num beijo apaixonado..num respirar descompassado...num amar..sem pressas...com muitos carinhos..desejo-te...(Cris Anvago)
Murmuro ao teu ouvido...segredos..sonhos..que quero viver contigo..quero viver-te..transbordar o meu amor em ti...quero beber-te..o meu coração enamorado..chama por ti...para te beijar..a minha alma..quer abraçar a tua..feita nuvem branca..macia...suave...que deseja...tu és seda que me veste...estou apaixonada amor..vem acarinhar-me..e eu tenho a certeza..que te farei feliz..de nuvens vou vestir-te...porque sei que me amas...(Cris Anvago)
Quero-te tão perto de mim..que quando ouvir o teu coração bater..tenha a certeza que é o meu que bate...(Cris Anvago)
Não sejas só silêncios...deves ser acções...os silêncios..no amor..só são bem interpretados por quem te conhece muito bem...melhor..será descodificá-los..em carícias...em desejos...ternuras...beijos...(Cris Anvago)
Tu não és o que falas....mas o que as pessoas entendem...por isso a piada que dizes para alguém..pode ser muito mal interpretada...e até magoar essa pessoa...dizes com uma intenção...é compreendida de maneira totalmente diferente...
Cuidado com o que dizes...não sabes como é compreendido...(Cris Anvago)
Tu não és como te olham...mas como te sentem...(Cris Anvago)
Adoro..quando te penso..em todos os segundos..porque te sinto...e assim..acompanhas-me sempre...mesmo que seja só em pensamento...fazes parte do meu corpo e do meu pensamento...meu amor...(Cris Anvago)

Miguel Gameiro - Dá-me um abraço



Nesta noite fria..só o teu abraço me aquece amor...tremo de desejo de ti...sinto a tua paixão em mim..fica comigo amor..vamos transformar a noite fria...numa noite quente...escaldante...no meu..no teu..fogo...vamos unir os nossos corpos...e assim será Verão...em nós..(Cris Anvago)

Elis Regina - Me Deixas Louca


Deixas-me louca..com o teu sorriso..com o teu olhar..quando me beijas intensamente..e passas mansamente as tuas mão por mim...e o teu abraço...enlouquece-me..de amor e desejo....(Cris Anvago)
Encostas a tua cabeça no meu peito...afago os teus cabelos...e assim saboreamos momentos de tranquilidade...meu amor...(Cris Anvago)
Olha para o espelho..que vês?...uma pessoa sorridente..que vive de amor..para amar..que sabe perdoar..que é tolerante..compreensiva...que não descrimina..nem num primeiro olhar..nem depois..que não faz aos outros o que não gostaria que lhe fizessem...que não aponta os erros dos outros..que olha primeiro para os seus erros e tenta corrigi-los...que pensa antes de falar...que olha nos olhos quando diz : amo-te...que ama intensamente o presente..que acarinha e cuida da pessoa amada...que luta por ideais..que não desiste do que quer..podes não ver tudo isto..quando te olhas ao espelho..mas..se gostas da imagem que vês..já é muito bom..(Cris Anvago)