segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Métamorphose



Acordei nua..perdida..
embrulhada no meu lençol branco..
pensei em ti..libertei-me de mim..
de tons alegres fiquei vestida..
senti-me leve..capaz de voar..
como uma borboleta..
asas de mil cores..
flores de muitos sabores..
odores envolviam os meus sentidos..
voei..em direcção a ti..meu amor..
para pousar em ti..
minha colorida flor..
beijada por mim..
borboleta encantada por ti..
beijo-te e fico presa a ti..
tudo o que preciso amor
borboleta que precisa de ti minha flor..
(Cris Anvago)