segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Quero apertar-te nos meus braços...
não te quero largar...
quero sentir o teu corpo a balançar no compasso do meu...
quero ouvir a nossa melodia..
e segredar-te ao ouvido : vamos namorar a noite inteira..meu amor?...
sorriste...
e os nossos corpos continuaram tão juntos...
e namorámos...
namorámos....
(Cris Anvago)