quarta-feira, 27 de junho de 2012

Desliza o teu corpo atrevido no meu...
toca-me e deixa-me sem fôlego...
deixa-me murmurar-te palavras sem sentido...
envolve-te em mim...
deixa que o meu corpo brinque com o teu...
dançar..em ti...
desejar-te..beber-te...
deixa....
libertar-me de mim..para estar em ti..
deixa...
...
que seja eu..inteira...
sim ?....
(Cris Anvago)