quinta-feira, 14 de junho de 2012

Tua..
corpo e alma...
como um poema inacabado..
procuro em ti as palavras..
bebo..de ti..inspiração..
desejo e paixão...
Tua...
estrela que brilha em mim..
que dança..e murmura..
...
desejos e sonhos...
Tua...
quando te beijo..
leio palavras belas no teu corpo..
que percorro com os meus dedos..
e escrevo..dedilho..em ti...
as palavras que falam de loucura..
os gestos que soltam gemidos dos teus lábios..
como música..que acompanha cada letra que escrevo..
meu poema inacabado...
onde os espaços não existem..
só exclamações de prazer...
Tua...
sempre Tua..
meu amor...
(Cris Anvago)