terça-feira, 12 de junho de 2012

E a tua respiração...entra no meu ouvido..
como brisa fresca do mar...
suave e bela...
que me faz arrepiar...
meu amor...
como te sinto em mim...
...
leve brisa..sopro de vida...
tudo...em mim...
dou-me inteira...
fico derretida...
suave...leve..intensa...
e abraço-me a ti..
sinto-te...
brisa..vento...vendaval...
que sai de mim...e entra em ti..
revolto-te..em carícias e beijos...
e faço de ti..meu ninho...
paixão...cabelos em desalinho..
teus nos meus..suaves..
e o meu toque em ti..
meu amor...
(Cris Anvago)