sábado, 15 de outubro de 2011

Queres dormir...não deixo...abraço-te...beijo-te...quero sentir-te...murmurar o teu nome...ouvir a tua respiração ofegante...ver o teu rosto de felicidade...amar-te até de manhã...ver o sol nascer contigo...depois...depois amor...podemos dormir..(Cris Anvago)