sábado, 29 de outubro de 2011

Vem..abraça-me forte..vem sentir...todos os meus desejos...todas as minhas carências...todos os meus medos...vem..descobre-me...nesse abraço forte...onde me revelo...sem receios..para ti...(Cris Anvago)