terça-feira, 15 de novembro de 2011

E os meus dedos dedilham o teu corpo..como se tocassem uma bela melodia..num violino imáginário...encanto-me..com a tua voz...os teus gemidos de prazer..quando te toco...como vibras...quando toco a melodia que nos une...um violino ecoa na noite...e dele transpiram sons de prazer...melodias de amor..tu..eu..e a melodia cresce...em sons harmoniosos..em nós...(Cris Anvago)