sábado, 6 de abril de 2013

Rosa silvestre não se prende


Não se agarra

Acaricia-se com cuidado

Absorve-se o aroma

Cuida-se dos espinhos

Ama-se com cuidado

Beija-se em liberdade

Intensa e bela

Rosa silvestre não se apanha

Não se escolhe

Admira-se da janela

Porque solta anda pelos campos

Misteriosa e bela

Rosa silvestre

Que se espalha

Pela terra sem ser regada

Composta por pequenas rosas

O seu corpo em flor

É perfume no ar

É delírio no amor

(Cris Anvago)

Please share this album © Belyaeva
http://facebook.com/ArtPics.tv Foto: Please share this album © Belyaeva
http://facebook.com/ArtPics.tv