domingo, 20 de janeiro de 2013

Hoje 
Olhei para o mar
Imaginei o teu corpo
Nas ondas suaves
O teu beijo profundo
Línguas que nadam sem se cansar
Abraçam-se com loucura

Olhei para o mar
E senti o teu corpo a saber a sal
Segurei a pérola
Dentro da sua concha
Bem no fundo do mar
Brinquei com a estrela
Fiz castelos de areia 
Só para ti
Vi á beira-mar
Uma concha brilhante
Coloquei dentro dela a minha paixão
E ofereci-te
Hoje
Admirei e brinquei no mar
De ti
Cris Anvago