segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Sou uma pintura abstracta
Onde cada pessoa 
Sente-me á sua maneira
Vê-me e decifra-me
Á luz da sua alma
Cris Anvago