domingo, 25 de setembro de 2011

Sinto todas as noites...e escrevo todas as noites...e vibro todas as noites...amor...sem palavras....(Cris Anvago)