quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Sente...
a minha voz..na tua pele que arde..de desejo...
Sente...
as minhas mãos que se aninham no teu corpo...
Sente...
o prazer a invadir todo o teu corpo.. 
que faz tremer...o teu coração...
Sente...
o meu beijo..intenso...onde adoras..
e o mar em ti..revolta-se...
o teu corpo..onda gigante...que me cobre de paixão..
danças..balanças..gemes..murmuras...
Sente...sente...sente...
até o teu grito...fundo..que sai de ti...
como fogo de artifício..na noite escura...
exlosão de cores...em nós...
orgasmo quente..colorido..gritante..
ilumina o teu corpo...
sorri no meu sorriso...
incendeia o teu ventre junto ao meu..
Sente...vibra...treme...
amor...estou em ti...
saboreio-te...e vibro...iluminada..de ti..
(Cris Anvago)