domingo, 27 de maio de 2012

Eu não corro no amor...
amo devagar...
beijo suavemente...
sinto intensamente...
deslizo devagar no teu corpo...
falo-te devagar...
teus suspiros profundos..
minha respiração ofegante...
mergulho em ti...
sim...
...
com loucura amo-te...
será devagar ?
será ao teu ritmo...
dança comigo...
e ama-me...
como desejas...
(Cris Anvago)