terça-feira, 1 de maio de 2012

Não quero só amar o teu corpo...
acariciar...
dar-te prazer...
conhecer todos os cantos e recantos de ti..
todos os sinais..
que nem tu sabes que existem...
Não quero só ouvir os teus gemidos de prazer..
sentir os teus orgasmos como flores que se abrem ao nascer do sol...
Quero também o teu coração..
a bater em mim...
em sintonia com o meu...
sentir-te em tudo...
sangue que corre veloz..
nas tuas veias..
sangue que aquece em mim..
quando penso em ti..
quando te vejo..
porque te sinto sempre...
vives em mim...
respiro-te...
meu amor...
(Cris Anvago)