domingo, 23 de junho de 2013

Sou a suave brisa da manhã
Envolvo o teu corpo
Breves sopros de carinho
Sou o sol quente de um dia de Verão
Sua a tua pele
Gotas de sal escorrem de ti
Sou a doçura do teu entardecer
Mel nos teus lábios
Cascata de luz no teu corpo
Sou o vulcão ao anoitecer
Fervo nas tuas veias
Enlouqueço as tuas memórias
Sou o teu sonho ao adormecer
Voas no espaço
Em ti o perfume de mim
Um pouco de mar
Um raio de sol
Flores silvestres
Prazeres infinitos
Sonhas com a realidade
De mais uma noite 
Que estou em ti
(Cris Anvago)

Foto: di Daniel F. Gerhartz