quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

No abraço que te dou...ofereço-te tudo de bom que tenho...a minha sensibilidade..o meu amor...os nossos abraços têm melodia...dançamos..entregamo-nos...sentimos o calor dos nossos corpos...que desejam sentir...mais..sempre mais...começamos com o abraço amor...terminamos com o sorriso de prazer nos lábios..com o desejo nos olhos...e com o gemido de intenso prazer...nosso..vivido..sentido...que suspira frases de paixão..que não são ditas..mas sentidas....intensamente...(Cris Anvago)