sábado, 21 de janeiro de 2012

Sentei-me...admirei um quadro vivo..o mar..verde..sereno..as gaivotas..de quando em vez..apareciam...juntas..a voarem livremente...os seus gritos..eram de felicidade..um quadro que ia mudando de cenário...e eu quieta..absorvendo todos os momentos...na praia amantes riam..corriam..brincavam como crianças...o sol iluminava o cenário..e eu sorria...e as gaivotas..aí estavam elas..nos seus voos..cheio...s de liberdade...um quadro vivo..cheio de emoções..liberdade..paixão..alegria..tranquilidade..que me invadiu..enquanto eu...tranquila..ia vivendo cada segundo...que a natureza me proporcionava...peguei na tua mão...fomos para a praia..entrámos no quadro maravilhoso..que eu antes..admirava...e rimos..brincámos..beijámo-nos..no quadro da natureza..(Cris Anvago)