sábado, 21 de janeiro de 2012

O mar estava calmo..tão calmo que qualquer coração inquieto ficava pacífico...no pequeno pontão que entrava mar dentro..várias pessoas passeavam de mãos dadas..olhar sereno..um jovem caminhava sobre as pedras..escolhendo as mais seguras..e vinha seguindo em direcção a terra..confiante..assim será a sua vida..fazer escolhas..com confiança..escolhendo o caminho mais seguro para a sua caminhada..e eu..parada..contemplava cada movimento..cada expressão..imaginando cada percurso de vida..das pessoas que passeavam pelo pontão..(Cris Anvago)