sábado, 7 de janeiro de 2012

Quando te digo o que sinto..não estou inspirada...estou a abrir o meu coração para ti...dar-me a conhecer mais um pouco...para que me entendas...e compreendas melhor como encaro a vida...o amor..a amizade..a beleza...assim como gosto de te conhecer..em todos os gestos que fazes..todos os suspiros...todos os sorrisos...em todos os momentos...gosto de te surpreender e gosto que me surpreendas amor...(Cris Anvago)