terça-feira, 27 de agosto de 2013

Dá-me um beijo
Como só tu sabes
Onde nascem
Ondas de desejo
Tremes
No meu abraço
Não existe tempo
Não existe espaço
Calam-se as estrelas
Brilha o som...

Revolto o teu corpo
Nas minhas mãos
Navego sem rumo
No labirinto das tuas emoções
(Cris Anvago)