sábado, 21 de abril de 2012

Coisa simples...entram em mim...em ondas de alegria...
pensamentos de amor...
em pinceladas de sedução...
carícias soltas...em raios de sol...
corpo nu..vestido de sentires intensos...
dedos que vagueiam...
como se navegassem na imensidão do mar...
alimento-me de coisas simples...
gestos simples...
pensamentos soltos...
...
pequenas ventanias de ternura..que nascem em mim...
coisas simples...mas intensas...
que se transformam em pedaços de felicidade..
vividos...murmurados...sonhados...
que se soltam num grito selvagem e puro...
sou feita de coisas simples...
carícias..desejos..ternuras...afectos...amor...
sou assim...
um labirinto de emoções...
onde me perco...onde me encontro...
em mim...em ti...
nas coisas simples da vida...
meu amor...
(Cris Anvago)