domingo, 25 de novembro de 2012

Quando te amo quero que sintas
Tudo o que os teus olhos não conseguem ver
O que a tua imaginação nunca imaginou
O que o teu corpo nunca sentiu...
(Cris Anvago)