sábado, 5 de outubro de 2013

Na pele a essência das flores silvestres, odores que se misturam, diversos, que inebriam os sentidos de quem ama cada momento da vida...

 Viver, amar, soltar a palavra cravada na pele...

 Sílabas que bailam numa dança de emoções
Gritam os segredos nos sentidos
Bailam silêncios...sorriem paixões...
Em cada coração um viver
Em cada pele um sentir
Em cada vida uma mistura de segundos marcantes
Imagens belas...outras irrelevantes, que se esquecem...

Várias pessoas, diversas visões, explosões de paixões e amores
Delírios de sonhos, loucuras lúcidas de gestos carinhosos...
Palavras que descrevem vivências, transparências de corações que batem forte...
Corações que saltam do peito em consoantes de cores que se sentem, vibrantes...
Flores, amores perfeitos, odores...
Diversos amores...melodias em silêncios descritas...
Em cada pessoa um mundo!
(Cris Anvago)
 
 
Foto de Cris Anvago.