terça-feira, 5 de novembro de 2013

Juntei as estrelas
Iluminei a cama de nuvens
Na lua despi a minha alma
No teu corpo pousei a minha calma
Nos teus lábios fervilha a minha língua
Na tua língua adoçam os meus seios
Nas tuas coxas a maré enche
De carinhos, desejos, afetos
Alcancei o sol
Na maciez dos nossos corpos...

Gotas de orvalho
Resvalam nas minhas costas
Cascatas iluminadas
Na pele, ainda molhada
que arde nos meus dedos
E as estrelas brilham...
No nosso olhar...
(Cris Anvago)