terça-feira, 19 de novembro de 2013

O meu corpo é sol
Nas minhas veias corre o mar
As minhas emoções são cascatas
Que derramo no teu corpo seda
Danço-te nos meus dedos
Percorro-te nos meus lábios
És sede de delírios na minha loucura
Saudável é a palavra que dança
Que em ti é quente chuva
Tempestade de paixões...

Que inundam a pele nua
O meu corpo é sol
O gesto é lua...
(Cris Anvago)