terça-feira, 19 de novembro de 2013

Sem saberes...
Eu sou a palavra que não dizes
O silêncio que transborda desejo
Os pássaros que cantam para ti felizes
Mesmo sem saberes
Eu sou o minuto que passa
O cheiro que na tua pele exala
Sou o olhar profundo
Que sem saberes cala
As mais belas palavras ...

A suave brisa que te arrepia
Os segredos que existem no teu mundo
Sem saberes...
Eu faço parte de ti
(Cris Anvago)