domingo, 3 de março de 2013

Na noite silenciosa
Quebrada pelo som dos enamorados
Onde lábios escorregam
Em beijos intensos
Saborosos e molhados
Corpos entrelaçados
que dançam em movimentos
Ritmados e suados
Noite em que se ouvem
Gemidos de prazer
Gritos de prazer abafados
Noites que são dias
Em sorrisos abertos
Olhos brilhantes
Que são dias de sol
Dos eternos apaixonados
(Cris Anvago)