domingo, 3 de março de 2013

Os nossos passos tornam-se apressados
Os nossos pés quase não tocam no chão
Quando vamos ter com a pessoa amada
Parecemos bailarinas
Fazemos piruetas em pensamento
Flutuamos na nossa imaginação
E o caminho parece tão comprido
E nós cada vez mais leves
Á espera do encontro desejado
Do beijo mais esperado
O nosso coração acelera
E o relógio pára...
Mas o nosso sorriso 
É mais quente que o sol...
(Cris Anvago)