sábado, 9 de março de 2013

Os meus dedos
No teu corpo
Numa dança erótica
Ilumina-te
Num amar intenso
Sou tua...
O teu corpo
Minha pista de dança
Onde rodopio
Até te ouvir gemer de prazer
(Cris Anvago)