domingo, 1 de fevereiro de 2015

UM FADO

O fado
Lamento que no momento se entoa
Lágrima que escorre
Desespero que se apregoa
Paixão não correspondida...

Homem só
Mulher perdida
Traição, medo
Vontade de fugir da vida
Fado
Que é sina, sinal, despedida
Corpo triste, lágrima que escorre
Nos olhos quase sem vida
Baços os sorrisos
Vida sem cor
É assim o fado do desamor!
(Cris Anvago)