terça-feira, 3 de janeiro de 2017


Nas montanhas

Semeei pensamentos

para que ecoem

bem alto

Que se inspirem

nas nuvens que os tocam

leves

soltos

sejam

reflexão

que rolem

sejam inspiração

toquem o coração

de quem anda perdido

de si…

que sejam sonhos

por realizar

melodias

por inventar

amores

abraçados

bocas

que se querem beijar

silêncios

que gritem

bem perto do infinito

que as lágrimas

também evaporam

apesar da dor ficar

que sejam momentos

alegres

de um mar

por descobrir

veleiros

prontos a zarpar

viagens

dentro de nós

asas

para que possamos voar



Pega num pensamento que seja teu!

Que te reconforte

nem que seja por um momento

O pensamento semeado é teu!

Guarda-o, vive-o, recorda-o ou, deixa-o simplesmente voar…

Cris Anvago