segunda-feira, 19 de março de 2012

Tu és mel...
néctar que escorre...
lentamente...
da tua boca...
para os meus lábios...
para a minha língua...
suavemente...
saboreio-te...
todo o teu corpo é suave..
como o mel..que és...
...
passeio a minha lingua por ti...
meu amor..
feito de mel...
da cor do sol..
sabor intenso..
e suave ao mesmo tempo...
bebo-te..
sem pressas...
(Cris Anvago)