domingo, 19 de janeiro de 2014

Sentes-me quando não estou a teu lado?
Sentes a pele fervilhar ao toque dos meus lábios?
Sentes os meus dedos passearem com rumo certo
nas tuas coxas vestidas de desejo?
Sentes-me dentro de ti como o sangue que te percorre
Ou como a água que existe no teu corpo?
Sentes-me e imaginas-me?
Tocas a lua e pensas em mim quando as estrelas do teu corpo se acendem e brilham?
Diz-me que me imaginas a dança...
r em ti
Que não me esqueces, que em nenhum segundo eu te perdi...
Sente-me nas décimas de segundo da tua vida
Pensa-me e sente-me, porque eu faço parte de ti!
(Cris Anvago)