segunda-feira, 6 de abril de 2015

    Na imaginação que corre no vento
    O nome é mais forte
    Pulsa no pensamento
    As mãos acariciam a brisa
    Suave na imensidão da noite...
    És balão colorido que voa
    Distância perto de mim
    És imensidão
    Grão de areia
    Na palma da minha mão
    Sopro
    Voas livre
    Cantas
    Dizes que sou verso em ti
    Lembrança do que ainda virá
    Lua que toca a pele
    Cheia
    Iluminada
    Escorre na mente
    O toque que o teu corpo sente
    (Cris Anvago)