domingo, 26 de abril de 2015

PORTUGAL 25 ABRIL 1974!

    UM CRAVO!
    Cheio de significado
    Não apenas uma flor...
    É um grito!
    Vozes unidas
    Dores esquecidas
    Milhares de cravos
    Vermelhos
    Sangue que pulsa
    Liberdade que se expande
    Sonhos de um futuro melhor
    Abraços, sorrisos
    1974! Ano para recordar!
    Vermelho e verde
    Símbolo da liberdade
    Cinzentos os rostos
    Transformados em risos coloridos
    Palavras de ordem
    “O povo unido”
    Sem partidos
    Com sentido
    “Jamais será vencido”
    Num único objetivo!
    Justiça e igualdade
    Respeito de braço dado!
    Não desistam da luta!
    NÃO DEIXEM MORRER O CRAVO!
    (Cris Anvago)