sábado, 3 de dezembro de 2016


Na noite cheia de emoções,

só quero que os teus lábios

pronunciem o meu nome

como favos de mel…



Doces na união de um sentir doce na pele….



Coração que se entrelaça no meu,

não como um nó,

como um abraço,

unido, sentido,

onde transpira o odor da paixão…



Que os teus lábios sejam mel de amor,

que o teu corpo seja doce desejo…

Num beijo corações, paixões e desejos uníssonos,

que se elevam na noite,

que perduram na madrugada e, que o meu nome,

seja o teu desejo nos orgasmos que se espalham

como flores que nascem,

com cores brilhantes,

num jardim repleto de gemidos

de amantes enlouquecidos!



Que a noite seja um eterno paraíso,

sonhado e sentido,

no mais profundo gemido…

que não sejas tu nem eu!

Que sejamos nós!



Na noite escura que só se oiça a nossa voz,

aquele som, selvagem que nasce, profundo,

na selva do nosso corpo e se propaga na madrugada…

Cris Anvago