domingo, 9 de setembro de 2012

ÉS O MEU LIVRO

És o livro que leio sempre
Não tenho hora para te ler

Páginas que escorrem emoção..amor..desejo..
Onde me delicio e me perco...
Onde me encontro..nas tuas palavras..
nos desejos do teu corpo..
Palavras cheias de interrogações...incertezas...
Que me prendem e onde me revejo

Páginas com silêncios dolorosos..
Onde sofro e te entendo..sinto..e compreendo

Interrogações que abafam o teu choro..
Numa palavra...SÓ...
Interrogações que me magoam...também..
por não conseguir transformá-las em exclamações
de alegria...tranquilidade...prazer...

Livro És...
Mistério...
Amor...
Doçura...
Corpo selvagem no Amor...
Corpo pleno de sentires no Amar...

Leio-te...
Releio-te...
desfolho-te..com paixão..
Bebo as tuas palavras e sentires..com emoção...

És...
O livro que sempre leio...e não me canso...
E..ao ler-te...sempre te Amo...
(Cris Anvago)