sábado, 1 de setembro de 2012

És oceano infinito...
onde não me canso de navegar...
Sol que nasce em mim...
sol que brilha no teu doce olhar...
danço com os meus dedos no teu corpo...
transformas-te em arco-iris..multicolor...sobre mim...
nuvem que me acaricia...nos lençois brancos..onde os nossos corpos se espreguiçam...
loucura de sentires...loucura de emoções...
gritos..sussuros..cheiros..explosões de prazer...
acreditar que o tempo pára...e nós rodamos...
como ponteiros imagnários..nos nossos corpos suados...
sorisos apaixonados...ternura...amor...
oceano infinito...
em nós...
(Cris Anvago)