quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Faço amor contigo
entre gestos suaves e intensos
silêncios que envolvem o meu corpo
...e deixam o teu corpo falar
transpirar todo o desejo...
Sinto na tua dança o prazer que nasce em ti
profundo..irrequieto..
que se espande em mim em aromas divinais...
Navego-te...ando a sobrevoar as tuas emoções..
Quero ver o teu lado selvagem
Sentir o Teu corpo ser Oceano
em ondas gigantes de prazer...
Mergulho..Danço..
E sempre quero navegar mais
Para que me sintas em ti
como eu te sinto em mim...
Meu amor...
(Cris Anvago)