sábado, 13 de outubro de 2012

Sentir-te

Quero sentir o teu sangue ferver nas pontas dos meus dedos
Quando desenho o meu desejo em ti

Quero sentir as tuas veias pulsarem
O teu corpo transformar-se em luz
Reflexo do teu prazer

Quero sentir o teu corpo inteiro em mim
Como se só hoje existisse
Como se o mundo fosse só nosso
Sem tempo…sem data…
Com desejo…paixão colorida…gemidos intensos…
Quero sentir-te…
Como ninguém te sentiu…
(Cris Anvago)