domingo, 28 de outubro de 2012

Vem...
Envolve-me nos teus braços
dá-me o teu amor
Vem...
Eu amo o teu corpo inteiro
Sem limites...Só sentires em nós
A lua nasce...a lua esconde-se
E eu continuo a acariciar os teus desejo

Vem... 
Quero-te sempre junto
Sem saber onde termino e tu começas
sem questionar se o gemido é meu...ou teu...
É nosso !
Porque é nosso o prazer...o delírio...

Vem...
Deixa-me tocar-te...acariciar-te...
Lamber a tua orelha
Sentir o teu corpo navegar no meu
Sentir os teus orgasmos intensos

Vem...
O teu corpo é uma ilha
onde quero encontrar-me
e nunca te perder...

Vem...
Vamos viver num mundo de paixão só nosso...
(Cris Anvago)