segunda-feira, 2 de março de 2015

A SOMBRA

A sombra
Que te acompanha
Não é tua
É a sombra do que foste
Do que não queres ser
Uma sombra sem vida
Que caminha sem querer
Não acredita em ninguém
Isolada e amorfa
A sombra que só acompanha
O caminho dos outros
Que passeia nos pés dos outros
Não tem força de vontade
Não tem querer
Desprende-te dessa sombra
A tua sombra tem vida própria!
A que tu lhe dás!

(Cris Anvago)