terça-feira, 31 de março de 2015

ABRIL

    Em Abril
    Águas mil
    Que percorrem o corpo...
    Na primavera recém-chegada
    O verão que se anuncia
    No corpo
    A voz da madrugada
    O sol que incendeia
    A minha febre
    Na veia que corre
    Em ti
    A cascata que escorre
    Entre os seios
    Beijados
    Braços abertos
    Na paisagem mágica
    Do prazer que nasce
    Calam-se as vozes do relógio
    Que grita os segundos que passam
    Mundos que se agitam em nós
    Somos coração
    Sangue
    Prazer
    Voz
    Que ecoa em todo o nosso ser!
    (Cris Anvago)