quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Dizer-te que te quero ainda é pouco
Dizer que fazes parte de mim na tristeza e alegria
Será sempre pouco
Se os meus lábios não provarem os teus todos os dias
Se os meus braços não sufocarem as tuas mágoas
Num abraço seguro e firme
Onde descansas o teu corpo e balanças na tristeza que te assola
Dizer-te que te preciso é sempre pouco
Se nos meus lábios faltar o sorriso
E nos meus olhos a esperança d...
e um novo amanhecer
Quando o meu coração se enlaça no teu
A minha paixão desliza em ti
Numa sinfonia de beleza e harmonia
Onde a tristeza desaparece
Um novo dia recomeça num amar sem ser interrompido
Então digo ao teu ouvido: sente-me, meu amor, mais do que as palavras que digo...
(Cris Anvago)